Últimas Notícias
19/01/2018 - Procura por vacina contra febre amarela segue alta; SMS promete reforço de mais 3 mil doses
19/01/2018 - Endividamento cai pelo 2º mês em Fortaleza
19/01/2018 - Por que segurança deveria ser o principal tema das eleições, segundo a HRW
19/01/2018 - “Depravação humana” na casa dos horrores da Califórnia
19/01/2018 - Prefeitura fará 18 ações no combate ao Aedes
19/01/2018 - Pontos históricos de Fortaleza são explorados em novas aulas do Museu da Fotografia
19/01/2018 - Petrobras revisa política de preços do gás de cozinha e valor do botijão cairá 5%
19/01/2018 - Roubos a instituições bancárias no Ceará caem 10% em 2017
19/01/2018 - Reajuste do salário mínimo é questionado na Justiça
18/01/2018 - Comércio: cai percepção de piora da economia
Histórico de Notícias
 Notícias
O verão ainda não começou oficialmente, mas a gente já sente, na pele, a sua presença. Aliás, começando por este ponto: a pele é o maior órgão do corpo, responsável por regular sua temperatura. Como ela se torna mais ressecada e menos resistente com a idade, os idosos têm que estar especialmente atentos para os riscos da estação. Além disso, nossos corpos se tornam menos sensíveis às mudanças de temperatura. Doenças crônicas e medicamentos – por exemplo, os betabloqueadores, para a pressão alta – também contribuem para dificultar uma resposta do organismo. Aqui vão seis dicas para enfrentar o calor com mais disposição: 1) 1) O primeiro mandamento é hidratar-se. Não espere sentir vontade para beber água, porque o corpo mais velho já é desidratado por natureza. E há outras variantes que contêm líquidos: picolés (que podem ser feitos em casa), milk-shakes, smoothies. No entanto, evite álcool e cafeína. A desidratação é o maior risco para os idosos, ao passo que o consumo de água regula melhor o intestino, evitando a prisão de ventre, e reduz o risco de infecções urinárias. 2) 2) Mantenha o ambiente fresco. Se tiver um aparelho de ar condicionado, o uso conjunto de umidificador pode amenizar o ressecamento das vias aéreas. Se não tiver ambiente climatizado, use uma toalhinha úmida na parte de trás do pescoço. Lembre-se de molhar o pano com água fresca regularmente. Se o calor estiver insuportável, vale buscar refúgio num shopping ou na casa de amigos e conhecidos. 3) 3) Fuja dos tecidos sintéticos, que não deixam a pele respirar. Opte por roupas leves e claras. 4) 4) Tome chuveiradas rápidas com água fresca, um pouco abaixo da temperatura do corpo. Toalhas umedecidas podem ser uma alternativa ao banho. 5) 5) Exposição solar somente com protetor e em horários de bebê, no comecinho da manhã ou no fim da tarde. E nada de exercícios ou mesmo caminhadas ao ar livre quando o sol está forte. 6) 6) Consuma alimentos leves, como saladas, legumes e frutas. Evite refeições pesadas. O feijão preto pode ser substituído por salada de lentilha, feijão branco ou fradinho, por exemplo. Fonte: Bem estar

Download
 
Clique para instalar! Se você não consegue visualizar os arquivos PDF, clique aqui e instale o programa Acrobat Reader
Av. Barão de Studart nº 2360, Ed. Torre Empresarial Quixada, L - 06, Joaquim Távora, Fortaleza - CE, CEP: 60.120-002
Tel: (85) 3205-6450     Fax: (85) 3205-6468     CNPJ: 07.083.033/0001-91

2009 CABEC. Todos os direitos reservados.