Últimas Notícias
20/08/2018 - Gasolina e etanol mais baratos no CE
20/08/2018 - Sentir-se jovem é o primeiro passo para se manter jovem
20/08/2018 - Secretaria de Previdência alerta sobre golpe aplicado por telefone
20/08/2018 - Especialistas alertam para epidemias de Zika e Chikungunya no verão
13/08/2018 - Trecho da Via Expressa será interditado em dois domingos para montagem de passarela
13/08/2018 - Campanha “No Meu Dinheiro Mando Eu” continua atraindo adesão
13/08/2018 - Ferro, vitamina A, iodo, zinco e ácido fólico: onde achar os 5 itens que mais faltam na nutrição ao redor do mundo
10/08/2018 - Qual a melhor posição para dormir, segundo a ciência
10/08/2018 - O que abre e o que fecha no feriado de Nossa Senhora de Assunção, no dia 15
10/08/2018 - Volume de vendas no varejo recua 0,3% de maio para junho
Histórico de Notícias
 Notícias

Aposentados: como fugir de possíveis golpes

Uma das formas comuns inclui os empréstimos consignados. É preciso estar atento aos descontos nos salários

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem desconfiar de promessas sobre revisões de benefícios e permanecer atentos a descontos desconhecidos em seus salários para que não sejam vítimas dos mais diversificados tipos de golpes.

As fraudes contra aposentados geralmente ocorrem de duas formas. A primeira e mais comum, de acordo com o advogado previdenciário Rômulo Saraiva, é o golpe do crédito consignado. O segurado é surpreendido por um desconto que não autorizou ou mesmo, se pediu o empréstimo e quitou, com a continuidade dos descontos.

O mesmo tipo de problema acontece com descontos de organizações às quais o segurado nunca se associou. Segundo Rômulo Saraiva, o aposentado ou pensionista precisa olhar sempre o informe de pagamentos para identificar possíveis descontos não autorizados.

Procedimento

Caso identifique algo errado, a dica é registrar um boletim de ocorrência, reclamar com o Instituto Nacional do Seguro Social e com a instituição, além de pedir o ressarcimento dos valores.

Caso o dinheiro não seja devolvido, ele pode ir à Justiça.

Associações

Outro golpe comum que vem sendo aplicado aos beneficiários é quando associações abordam aposentados e pensionistas por telefone ou enviam cartas dizendo que eles têm direito a uma revisão no INSS que pode pagar uma bolada. Em alguns casos, os golpistas também afirmam que os segurados têm direito ao resgate de valores que teriam sido descontados da folha de pagamento como aposentadoria complementar.

Para cumprir a promessa de vitória, os golpistas pedem pagamento antecipado dos beneficiários, além de solicitarem dados pessoais.

O segurado que for abordado deve sempre procurar uma segunda opinião e não fornecer dados bancários. A Secretaria de Previdência Social destaca que não entra em contato com seus segurados por meio desse tipo de abordagem e também não possui relação com planos de previdência complementar para segurados do Instituto Nacional do Seguro Social. Os benefícios que são pagos pelo INSS são da previdência pública.

Vítimas

Os servidores públicos também podem ser vítimas de golpes. Recentemente, um pensionista do estado, de 82 anos, recebeu uma correspondência em nome de uma associação prometendo o pagamento de precatórios.

Desconfiada de golpe, a família ligou para o número que estava na carta e foram solicitados R$ 6.000 para liberar os R$ 80 mil prometidos.

"Eles abordam idosos que são vulneráveis. É preciso ficar atento", disse a nora do pensionista.

Apesar dos alertas constantes realizados pelo governo e também pelos veículos de comunicação, o número de golpes contra aposentados do INSS continua crescendo. De acordo com a Secretaria de Previdência Social, até dezembro do ano passado, o número de denúncias contra golpes aplicados em beneficiários do INSS cresceu 30% na comparação com 2016.

Diário do Nordeste


 
Clique para instalar! Se você não consegue visualizar os arquivos PDF, clique aqui e instale o programa Acrobat Reader
Av. Barão de Studart nº 2360, Ed. Torre Empresarial Quixada, L - 06, Joaquim Távora, Fortaleza - CE, CEP: 60.120-002
Tel: (85) 3205-6450     Fax: (85) 3205-6468     CNPJ: 07.083.033/0001-91

2009 CABEC. Todos os direitos reservados.