Últimas Notícias
17/10/2018 - Projeto Mesa Brasil aproveita integralmente alimentos que seriam descartados; veja receitas criativas
17/10/2018 - Procon Fortaleza realiza mutirão de renegociação de dívidas
17/10/2018 - Petrobras mantém preço da gasolina nas refinarias em R$ 2,14; preço médio no Ceará chega a R$ 4,76
17/10/2018 - Chiquinha Gonzaga ganha homenagem do Google em seu 171º aniversário
17/10/2018 - Ceará tem as piores rodovias do Nordeste, aponta pesquisa da CNT
11/10/2018 - Veja o que abre e o que fecha em Fortaleza no feriado da padroeira do Brasil, 12 de outubro
11/10/2018 - PRF reforça fiscalização na estradas para o feriadão
11/10/2018 - CNPC aprova consolidação das normas atuariais e debate CNPJ por Plano
10/10/2018 - Obra no viaduto da BR-116 sobre av. Borges de Melo deve durar 90 dias
10/10/2018 - Empresas estrangeiras investem US$ 235 mi no CE em 2017
Histórico de Notícias
 Notícias

Único cargo eletivo com mandato de oito anos estabelecido na Constituição Federal, o voto para senador é o que pode ser confuso nessas eleições.

É que, diferentemente das eleições de 2014, quando cada eleitor pôde votar em apenas um nome para o Senado, este ano duas das três vagas que cada estado e do Distrito Federal têm direito, o cidadão poderá votar em dois nomes para o Senado. Alternadamente, um terço, ou seja, 27 vagas e, dois terços, 54 vagas, são colocadas em disputa a cada quatro anos.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os dois votos têm pesos iguais. Não existe prioridade em razão do eleitor votar primeiro em um e depois em outro candidato.

Outro ponto importante, segundo a Justiça Eleitoral, é que não é possível votar duas vezes no mesmo candidato. Em caso de repetição, o segundo voto é automaticamente anulado, sem prejudicar as demais votações.

Mais votos

Como a ordem de votação não importa no resultado final, o candidato que obtiver o maior número de votos na primeira e na segunda opção somadas será eleito, assim como o segundo candidato mais votado.

As eleições para o Senado são majoritárias, assim como para a Presidência da República e para os governos estaduais. Para o Senado, entretanto, não há possibilidade de segundo turno.

Além dos representantes para esses cargos, no dia 7 de outubro, os eleitores brasileiros também escolherão o próximo presidente da República e deputados federais, estaduais ou distritais.

Agência Brasilo:p>


 
Clique para instalar! Se você não consegue visualizar os arquivos PDF, clique aqui e instale o programa Acrobat Reader
Av. Barão de Studart nº 2360, Ed. Torre Empresarial Quixada, L - 06, Joaquim Távora, Fortaleza - CE, CEP: 60.120-002
Tel: (85) 3205-6450     Fax: (85) 3205-6468     CNPJ: 07.083.033/0001-91

2009 CABEC. Todos os direitos reservados.