CABEC - Caixa de Previdência Privada BEC

Notícias

11.01.2019
Programação cultural com ênfase no público infantil é opção barata para aproveitar as férias

Museus em Fortaleza e na Região Metropolitana oferecem brinquedos e oficinas para conciliar o tempo dos pais com o período dos pequenos em casa.

O período das férias escolares é um dos mais complicados para os pais. Conciliar o trabalho com a agenda das crianças em casa costuma ser um desafio. Em Fortaleza e na Região Metropolitana, algumas opções culturais podem ser inseridas no roteiro de atividades dos pequenos.

Incentivos por meio de artes plásticas, brinquedos e conteúdo audiovisual são alguns dos serviços oferecidos por museus.

Na Universidade de Fortaleza (Unifor), no bairro Edson Queiroz, a exposição do aviador Santos Dumont contém objetos pessoais e réplicas das invenções do brasileiro. Com mais de 500 peças, a curadoria é da jornalista Luciana Garbin e do Itaú Cultural.

A linha curatorial se sustenta em pilares que marcam a trajetória do inventor, como inovação, ciência e empreendedorismo. Um dos destaques da mostra é a réplica, em tamanho original, da aeronave Demoiselle.

Objetos, documentos e fotos do aviador integram a exposição, com imagens que resgatam os balões, dirigíveis e aeroplanos. Há ainda uma reprodução da biblioteca de Dumont, com publicações que o inspiraram, além de algumas de sua autoria.

Cecilia Bedê, coordenadora do Espaço Cultural da Unifor, conta que a exposição desperta o imaginário de crianças e adolescentes sobre o que aconteceu no passado.
Na exposição, mediadores facilitam o diálogo dos pequenos com a exposição.

No bairro Varjota, o Museu da Fotografia também leva opções de lazer que abrange a participação das famílias. Neste mês, as oficinas de desenho e pinhole são opções de atividades educativas. Segundo Fernanda Oliveira, coordenadora geral do equipamento, o mês de férias é o período em que a maioria das famílias ficam ociosas e buscam atividades do Museu.

Na primeira atividade, as famílias podem desenhar as obras fotográficas espalhadas pelo museu.

A segunda é direcionada ao mundo da fotografia. Por meio da técnica de pinhole - nome informal dado a uma câmera fotográfica que utiliza somente um furo de alfinete - os participantes conseguem compreender a origem das máquinas.

Brinquedos

Em Pindoretama, um museu de brinquedos chama a atenção de quem passa pelo município. O Brinquedim abriga um acervo de 500 peças de autoria do artista plástico Dim Brinquedim. São obras, esculturas e telas, de 10cm a 8m, criadas ao longo de 40 anos.

O Museu atende diretamente, de forma ininterrupta, visitantes de diversas origens. A sede do Museu, situada no município de Pindoretama, é uma casa típica da região, edificada em 1970, em um espaço de 372m² rodeado por uma ampla área externa de circulação e uma pequena reserva de vegetação nativa de 14.000m².

Santos-Dumont na Coleção Brasiliana Itaú

A exposição apresenta itens da vida pessoal e do trabalho do pai da aviação. Até domingo (13), de 9h às 19h, na Universidade de Fortaleza (Av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz). Gratuito.

Desenho para a família, com Gabriel Muniz

Pais e filhos podem reproduzir o que sentem de cada obra. Dia 19, às 13h, no Museu da Fotografia Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545, Varjota). R$ 60 por pessoa.

Oficina de pinhole

Ensino prático dos conceitos da ótica da química presentes na fotografia. Dia 26 de janeiro, às 14h, no Museu da Fotografia Fortaleza (Rua Frederico Borges, 454, Varjota). Gratuito

Museu Brinquedim

Acervo de 500 peças com brinquedos, esculturas e telas. De terça a domingo, de 9h às 17h, na estrada da coluna, km 20, em Pindoretama. R$ 15 (inteira).





Fonte: Diario do Nordeste

voltar